Aroma F

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Apenas uma flor.

Estávamos (tão) bem, dizia eu. Agora penso que talvez apenas eu visse isso.
Bela manhã aquela, em que apenas eu falei (como sempre), e tu limitavas-te a olhar para mim, o meu sorriso quis eu pensar. Gostavas, gostas, de sorrisos... Estavas mesmo fixado em mim, e eu gostei, senti-me especial, senti-me um pouquinho tua, e não me peças para explicar esta parte, pois eu não sei.
Uma borboleta passou, a frente dos meus olhos, o seu percurso pareceu-me um desenho, daqueles dignos de se expôr. Ela estava a desaparecer, e eu sorria.
Olhei para ti, deitado a olhar para mim (mais uma vez questiono: será?), tinhas o cabelo despenteado, como eu gostava, e os teus lábios arqueados, suaves e belos. Tive sede de te beijar.
Sorriste e disseste:
- É uma margarida.

(Todo aquele tempo em que pensei estares a olhar para mim, em que me senti especial, afinal não passava de ilusão minha, uma tola apaixonada. Trocada por uma flor. Doeu, mais por não to poder dizer.)

15 comentários:

Patrícia disse...

Eu adoroo os teus textos Filipa :$
escreves tão bem :)
E sim , dói muito mesmo ... prefiro acreditar que seja mais uma fase :x enfim força *

WHOW [...pétaculo...]® disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lee disse...

Dói sim: é verdade . Foi mera ilusão . Em vez de "nos" fazer felizes vai nos consumir : porque acreditamos em algo pensando ser verdade, vivenciamo-lo e quando descobrimos que verdade não era, sofremos . Mas as verdades são assim, duras .

Beijinho *

starfish disse...

É doloroso. Sabes, eu em alguns casos (só mesmo em alguns, em geral até sou optimista) nem me atrevo a ter ilusões para não sofrer desilusões. Não sei se é correcto, mas pelo menos... ninguém me magoa.

Pequenina disse...

Os teus textos Filipa deixam-se sem saber o que dizer...
São lindos, escreves de uma forma inexplicável =)

Também quero acreditar como a Patricia que será só mais uma fase...

Força para nós as três @

MushroomNewkirk disse...

Todos nós temos a possibilidade de conseguir coisas nossas. Mas só alguns atingem o objectivo das suas vidas. Os que nao atingem não é por serem mais fracos, mas porque a vida não permitiu que tal acontecesse. Ultrapassa-se, sim. Mas o que é dificil é continuar a lutar por esse objectivo.
Beijinho e obrigada pela atenção :D

Lee disse...

Sim entendo .
E concordo também . Odeio viver mentiras ! :/

Patrícia disse...

e tudo se vai resolver vais ver :)

pinguim disse...

margaridas (L) *

MushroomNewkirk disse...

Vai correr tudo bem, toda a gente merece a recompensa pelo que lutou! Vais consguir :D
Beijinho*

Beatriz Cró disse...

deu-me mais vontade de chorar.

Sara disse...

Oh meu Deus, este texto deixou-me completamente de boca aberta... Está lindo, mesmo.

Eu também gostava de dizer que leio tudo o que escreves, mas não vou àquele blog assim tão frequentemente e depois torna-se complicado ler tudo o que os outros escrevem.

Mas, felizmente, li este teu texto. Está mesmo perfeito.

Beijinho @

Anjo De Cor disse...

;)

Pedro disse...

Deite um desafio. :D
Está no meu blog.

R.Vinicius disse...

"Não sabia ela, ou não havia cogitado, mas talvez ele estivesse comparando ambas as belezas. A da amada, com a flor-alheia." Gostei do texto.

Abraço,
R.Vinicius