Aroma F

sábado, 17 de julho de 2010

Há coisas que me tiram do sério.

Às vezes sinto que sou uma pessoa má, mesquinha (vamos rir? eu sou mesmo!). Não tenho problemas com o aspecto das pessoas, não tenho mesmo, não me incomoda minimamente, aliás eu nem ligo, mas sabem quando vêm ter connosco e dizem o quão a sua vida é deprimente (como se a nossa também não tivesse problemas) e que não arranjam ninguém? Normalmente são pessoas desleixadas, sim é mesmo esse o termo, bastante desleixadas. No caso delas deixaram os cabelos esconder os olhos, as roupas largas como se fossem balões ou simplesmente desproporcionais; no caso deles a barba por fazer (nem todos podem ter um ar latino), a falta de desodorizante e, na minha opinião, as roupas muito bimbas. A verdade é que ambos os sexos são desleixados e pior, quando abrem a boca estragam tudo! Só sabem falar dos seus desamores, mágoas e blablablabla... Sinceramente, quem quer alguém com problemas? Alguém que antes de algo acontecer já espera o pior.
A solução é simples: amem-se porque todos temos defeitos ou... podem estar calados e sorrir (funciona).

Há coisas que me tiram do sério.

22 comentários:

Mariana Francisco disse...

É uma sensação única *

dannó disse...

Selinho no meu blog :) *

http://dano31.blogspot.com/

meus instantes e momentos disse...

muito bom e verdadeiro o texto.
Gostei daqui,.
Maurizio

b disse...

Já o fiz, não adianta. A tal ainda se acha com razão.

Compreendo o que dizes no teu post. Por vezes as pessoas queixam-se muito com o objectivo dos outros sentirem pena e numa tentiva de que os outros se aproximem mais deles. É mau, mas é o que acontece.




Obrigada por seguires (:

Susana disse...

Não custa nada experimentar , e se muitos amigos teus se inscreverem ainda ganhas alguma coisinha . :)

Araúja Kodomo disse...

É mesmo verdade! Simplesmente desleixe, nada mais!

PauloSilva disse...

Gostei do texto !

aroc disse...

Concordo ! (:

Susana disse...

Sim , obrigada . *.*

Araúja Kodomo disse...

Obrigada!
No início eu gostava imenso do Parque, mas agora já toda a gente conhece aquilo de trás para a frente, fotos praticamente iguais... Conheço razoavelmente o Jardim da Estrela, gosto bastante :)

Carolina disse...

Humm era bom :)

Gostei do texto :D

Beijinho*

Emma'' disse...

Gostei :)
Estar calados e sorrir é uma boa ideia :)
Correu bem, obrigada. estava um bocado nervosa mas isso não me atrapalhou muito, só na leitura.
Agora é só esperar pelos resultados :)

Beijinho

Raa º disse...

ahah , é mesmo isso (:

Sara disse...

Obrigada :D não volto mesmo a perder o jogo!
E é esta a sociedade que temos, uma sociedade de DESLEIXOS, enfim..
Beijinhos

Sara disse...

Obrigada :D não volto mesmo a perder o jogo!
E é esta a sociedade que temos, uma sociedade de DESLEIXOS, enfim..
Beijinhos

Ariana Fonseca. disse...

Gostei *.*

Emma'' disse...

Eu tenho a sorte de ter pais britânicos :)
Gosto mesmo do teu blog ;)
Beijinho

Araúja Kodomo disse...

Deve ser o Jardim Amália, por cima do Parque Eduardo VII!

lagarto disse...

Estar calado e sorrir faz-me reportar para aquelas meninas que aparecem na TV contratadas apenas para isso...estarem caladas e sorrirem...ponham-se bonecos então!Pessoas são pessoas...riem, choram, desabafam, reprimem...e não é algo que seja separadamente definidor de carácter, porque todos nós, em diferentes alturas da vida, já fomos uma dessas quatro;)

obrigado pela visita ao meu blog, volta sempre! eu vou voltar*

lagarto disse...

Nem tudo o que é demais enjoa...senão não haviam as valentes dores de barriga no dia seguinte;)

Rita disse...

É bem verdade o que dizes , mas a sociedade é mesmo assim.
Obrigada pelas palavras (:
Beijoo *

Crazy disse...

Concordo contigo (: