Aroma F

sábado, 17 de julho de 2010

Ultimato

O termo é usado por extensão à qualquer declaração final e irrevogável para satisfação de certas exigências, fonte: wiki.

Uma relação é algo que dá trabalho, é verdade! Como pensam amar alguém e só esse alguém com tantas tentações? Tudo tem que se lhe diga. Na minha opinião - e apenas isso é discutível - é uma constante batalha, coberta de tristezas e mágoas, vai remoendo e remoendo... até colher os seus frutos (ou não).
Ora, eu juro lealdade e respeito, muito amor (o que é isso?). O respeito perdeu-se, perde-se quando o sexo aparece. Atento ao sexo e não acto de fazer amor. Sexo é carnal, apaixonante e intenso; necessário mais ao homem que à mulher. Temos aí o meu problema - não o é pois tem solução automática -, o meu Ultimato.

Fazemos ou dizemos Adeus? Onde está o amor...sem exigências? Perdeu-se. Decide.
Adeus.

7 comentários:

disse...

adorei o tema! :)
obrigada pelas tuas palavras.
beijinho

Sílvia'Liliana disse...

Pois é querida, no entanto ... Mesmo com a chama acesa, eles acabam por trair.

disse...

prazer é para mim, filipa :3

dannó disse...

adoroooo! (:

Araúja Kodomo disse...

Obrigada, a rapariga coitada tava quase deitada na relva xD

Mas que lindo texto, muito bom :)

Crazy disse...

Finalmente! :D
Já tinha saudades de ler o teu blog, pensei que já nem o voltavas a abrir.

Gostei do texto :)

Beijinhos

David disse...

Acho que fazes incrivelmente bem =D